17

– Posso entrar, Mu?

 

A porta se abriu mais rapidamente do que ela esperava.

 

– AHHHHHHHHHH! – Muriel deu um grito e puxou Elisa para dentro do quarto. – Vai me contar o que tá acontecendo? Ou vai me matar do coração trazendo aquele homem pra minha cozinha sem me dar nem um aviso tipo “Oi miga convidei meu cunhado que é uma super estrela e que por acaso eu também tô pegando pra vir aqui em casa”?

 

Elisa ficou vermelha. Era isso, finalmente estava exposta.

 

– E não adianta fazer essa cara porque eu escutei vocês noite passada. É sério que ele transa tão bem quanto canta?

– Melhor.

– Oi?????? Você já não tinha um noivo lindo e perfeito? O que você tá fazendo, sua louca?

– Eu não sei, honestamente. – Elisa sentou na cama de Muriel, desolada.

 

Muriel sentou ao lado da amiga.

 

– Faz quanto tempo que isso tá acontecendo?

– Uns seis meses. Foi naquele feriado prolongado.

– Seis meses? E você não explodiu de ficar guardando esse segredo por seis meses?

 

Elisa deu um riso triste.

 

– Olha, eu não estou te julgando tá?

– Eu sei, Mu. Eu sou muito grata por isso.

 

Muriel deu um cutucão em Elisa.

 

– E você não devia estar triste, mulher! Tá aí pegando dois homens lindos e tá com essa cara de velório.

– Verdade… – Elisa riu. Que pessoa horrível ela era.

– Mas a pergunta que não quer calar é… Quem é o melhor dos dois?

 

Elisa deu uma gargalhada.

 

– Não acredito que estou falando disso.

– Desembucha! – Muriel deu outro cutucão em Elisa.

– É diferente. O Rô é de um jeito. O Alex é totalmente diferente.

– Não foi isso que eu perguntei…

– O Alex, ok? Pronto, falei. Chega.

– EU QUERO DETALHES! Me dê ibagens! – Muriel sacudia Elisa como se a informação fosse cair dela como uma fruta madura cai do pé.

 

Elisa caiu deitada na cama de Muriel.

 

– O Alex é… – pensou duas vezes em como diria aquilo em voz alta. – Ele é aquela pessoa que faz você esquecer quem você é. É pior do que droga, sabe? Ele me deixa num estado de euforia que eu esqueço quem eu sou. Eu só quero ele. E eu durmo tão bem depois… – ela fechou os olhos.

– Puta que pariu nós duas miga. Que inveja.

– Não fique com inveja não. – Elisa sentou na cama novamente. – Em resumo, eu tô na merda.

– Ficar com os dois não é opção? – a pergunta foi mais honesta do que Elisa esperava.

– Não, claro que não. Eu não sei até que ponto eles gostam de mim. Sei lá, o Rô eu sei que gosta de mim. O Alex eu não sei.

– Não entendi.

– Eles sempre competiram pra ver quem era o melhor. Eles são irmãos e se amam e tal, mas no fundo sempre rolou competição dos dois lados.

– Que bosta.

– É. Às vezes eu acho que estou no meio dessa competição.

– E eu queria ter esses seus problemas gravíssimos. – Muriel gargalhou e o clima ficou mais leve.

– Obrigada, Mu.

– Eu já nem estou contando quantas você tá me devendo, miga.

 

_____________

 

Não é porque ela perdeu as aulas da manhã que deixaria de lado as aulas da tarde. Hora de ser alguém responsável. Já havia escurecido quando ela voltou para o apartamento vazio. Abriu a geladeira e pegou a garrafa d’água enquanto ponderava se ainda era aceitável comer a pizza de sábado ou se devia pedir alguma coisa pelo telefone. Ligou a TV da sala num programa de fofocas apenas para efeito de ruído de fundo.

 

Decidiu requentar o que sobrou da pizza. Estava focada no microondas quando escutou  algo vindo da TV que chamou sua atenção.

 

– Alex já tem um novo amor? Veja as fotos!

 

“Fotos? Como assim fotos?”

 

Ela foi até a sala a tempo de ver a imagem na TV. Era uma sequência de três fotos: na primeira, Alex aparecia nitidamente triste enquanto uma mulher segurava seu rosto. A seguir, os dois se beijavam. Então a expressão de Alex era completamente diferente na terceira foto.

 

– PUTA. QUE. PARIU. – Elisa gritou

 

Aparentemente aquela era só uma chamada, pois o apresentador prometeu mais detalhes após os comerciais. Aqueles seriam os três minutos mais longo de sua vida. Elisa correu atrás do celular e verificou o twitter. A sequência de fotos estava em todo o lugar. Um dos twits já havia sido compartilhado algumas milhares de vezes. Não conseguiu achar mais nada a não ser aquelas fotos. Ela só aparecia de costas, mas aquela era a entrada do seu prédio.

 

Além da própria foto, havia uma foto da mocinha da novela das 9 – a suposta namorada de Alex até então – saindo de casa desolada, de óculos escuros.

 

O programa voltou do intervalo comentando sobre a mocinha da atual novela das nove e como ela estava de coração partido. Para reforçar a imagem de vítima da moça, mostraram a foto dela que Elisa já havia visto no twitter.

 

– Quem será a morena misteriosa que é capaz de colocar um sorriso no rosto da nova estrela do Pop?

 

Elisa ligou rapidamente para Alex, mas o celular dele só dava caixa postal. Ele devia estar no avião para Salvador.

 

– Ao que parece, ela não é famosa. Mas é bem esperta! – o programa continuava.

– Mas são um bando de filhos da puta mesmo. – Elisa falou com a TV como se os apresentadores pudesse ouvi-la.

 

Assistiu o programa até o final para ver se eles dariam mais alguma informação relevante, mas aparentemente ninguém sabia quem era a mulher da foto. Mas aquilo era só uma questão de tempo. Alguém ia perceber algum outro detalhe mais cedo ou mais tarde que levaria a ela. Ela quase teve um ataque quando o celular tocou.

 

– Já está com saudades de mim? – Alex soava feliz ao telefone.

– Estamos em todo lugar.

– Oi?

– Tiraram uma foto nossa hoje mais cedo. Eu não apareço, mas dá pra ver meu prédio.

– Entendi. Como posso te ajudar?

– Eu queria sumir, só.

 

Alex ficou em silêncio por um tempo.

 

– Vem pra cá. – ele finalmente disse.

– Não Alex, eu não posso.

– Pode sim. Vou pedir pra comprar uma passagem pra você pro primeiro horário disponível. Você some por uns dias e fica aqui comigo.

– Tá bom.

 

Alex ficou em silêncio novamente. Ela imaginou que foi porque ele não esperava que ela concordasse. E para ser honesta, ela também não sabia o que estava fazendo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s